Ainda não é aluno? 
>

Qual a importância da formação profissional?

Mercado de trabalho

Qual a importância da formação profissional?

Formação profissional aprimora habilidades, enriquece a carreira e aumenta chances de emprego. A formação profissional pode transformar a vida de uma pessoa, proporcionando mais e melhores oportunidades de trabalho. Estudar para ter uma profissão tem uma consequência profunda e positiva, pois proporciona mais recursos financeiros, conhecimentos, além de outros benefícios. Num universo cada vez mais…

Formação profissional aprimora habilidades, enriquece a carreira e aumenta chances de emprego.

A formação profissional pode transformar a vida de uma pessoa, proporcionando mais e melhores oportunidades de trabalho. Estudar para ter uma profissão tem uma consequência profunda e positiva, pois proporciona mais recursos financeiros, conhecimentos, além de outros benefícios.

Num universo cada vez mais competitivo, é importante que as pessoas acompanhem o desenvolvimento do mundo, suas possibilidades e dificuldades. De maneira ampla, é fundamental compreender o cenário tecnológico, aprimorar habilidades individuais e autoconhecimento.

Para isso, vale apostar na evolução profissional. De modo geral, a formação profissional é definida pelo Sistema Nacional de Qualificações (SNQ) como o processo que busca transmitir competências aos indivíduos, como capacidades para mobilizar aptidões, conhecimentos e atitudes. Tudo isso para que seja possível exercer plenamente uma ou mais atividades profissionais.

O foco desse processo é a integração das pessoas no mercado de trabalho. Nesse sentido, o Código do Trabalho estabelece alguns objetivos da formação profissional. Vamos conhecê-los?

  • Proporcionar qualificação inicial ao jovem que ingresse no mercado de trabalho;
  • Promover a qualificação ou reconversão profissional de trabalhador em risco de desemprego;
  • Assegurar a formação contínua dos trabalhadores de uma empresa;
  • Integrar de maneira socioprofissional o trabalhador de grupo com dificuldades de inserção;
  • Reabilitar profissionalmente trabalhadores com deficiência, principalmente quando a incapacidade for decorrente de acidente de trabalho.

Existem várias modalidades de ensino profissional e diferentes tipologias de formação. É importante estar atento a qual categoria se encaixa melhor ao seu perfil. É importante levar em consideração a área de interesse, o tempo disponível e traçar metas para o futuro.

Agora, vamos nos aprofundar e entender de perto qual a importância de investir na formação profissional.

Acompanhe o material e tire as suas dúvidas.

Formação profissional: qual a importância

Ter uma profissão aumenta chances de emprego

De acordo com a pesquisa “Inclusão produtiva de jovens com ensino médio e técnico-profissional: experiência de quem contrata”, feita pela Fundação Roberto Marinho, Itaú Educação e Trabalho e Arymax, estudantes que cursam o ensino técnico têm 81% mais chance de conseguir emprego.

O estudo mapeou a percepção das empresas sobre a inserção de jovens no mercado de trabalho. Além da maior taxa de empregabilidade entre jovens que cursaram o ensino técnico, o levantamento mostrou que, a partir dessa formação profissional, há maior possibilidade de permanência e ascensão nas empresas.

A pesquisa indica ainda que cargos de nível médio são mais ocupados (24,8%) por aqueles que têm ensino técnico. Já os estudantes que têm formação somente no ensino médio convencional ficam com 10,2% dessas vagas. Quando o assunto é ocupação de vagas com valor agregado, pessoas com formação técnica também saem na frente em relação àquelas apenas com ensino médio. Confira os dados:

  • Para quem tem curso técnico, a chance de contratação em serviços em alta, como na área de tecnologia, é de 59%.
  • Para quem tem Ensino Médio convencional, as chances são de 51,4%.

O estudo constata que, no processo de contratação de grandes empresas, o diferencial principal na avaliação do currículo e no preenchimento de vagas é o diploma de curso técnico. Levam-se em conta também habilidades comportamentais, mesmo que seja preciso aprimorar o conhecimento específico para a função.

A maioria das empresas também considera a experiência como fator decisivo para as contratações. Por isso, para promover a inserção de pessoas no mercado de trabalho, como no caso dos jovens, é primordial que haja conexão entre o setor produtivo e as escolas de ensino técnico.

Formação profissional: estudando concentrado

Evolução da formação melhora carreira e vida

O processo de formação profissional ocorre para além das salas de aula, assim como os seus frutos. Vale lembrar que diversos são os tipos de formação. Pode-se pensar nas graduações com bacharelados e licenciaturas, nos cursos técnicos e profissionalizantes e nas diversas atividades que têm como proposta manter o profissional atualizado e capacitado para atuar no mercado.

O mais importante é ter em mente que investir na formação profissional é uma maneira de garantir melhores oportunidades de emprego e, consequentemente, qualidade de vida. Cursos técnicos e profissionalizantes, por exemplo, despertam a atenção de recrutadores, porque reúnem um conjunto de capacidades que, muitas vezes, se encaixam perfeitamente nos requisitos das vagas.

Não é à toa que as formações dessas modalidades são pensadas a partir de conteúdos que aliam técnica e prática. O intuito é, justamente, mirar e acertar em cargos e posições recorrentes no mercado, preparando o aluno para assumi-los com assertividade. Algumas das vantagens que a formação profissional proporciona:

  • Recicla o conhecimento;
  • Garante melhor empregabilidade;
  • Melhora a perspectiva de carreira;
  • Diversifica o conhecimento;
  • Alia técnica e prática.

Faça um curso técnico na Proz Educação

Antenada às necessidades atuais do mercado, a Proz Educação oferece aos seus estudantes cursos técnicos e cursos de especialização capazes de transformar o rumo de suas carreiras.

Com foco direto no mercado de trabalho, os cursos técnicos da Proz são indicados para quem quer se capacitar profissionalmente e garantem formação para atividades e setores em alta.

Já os cursos de especialização elevam o conhecimento dos alunos que já concluíram o técnico. Ou seja, aprofundam um assunto específico da área que o aluno já domina, tornando-o ainda mais competitivo no mercado de trabalho.

Promovemos a conexão do estudante com o trabalho por meio de cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e atualizados com foco no que o mercado mais valoriza. Ficou interessado? Entre em contato conosco.

Categorias

Você também pode gostar

Estágios

Estágio técnico em Farmácia: tudo o que o estudante precisa saber!

Leia mais
Cursos

Curso técnico de Segurança do Trabalho: tudo sobre a formação!

Leia mais
Profissão

Como é a profissão do Técnico em Radiologia?

Leia mais